Radicais! Revolucionários!

Como qualquer projecto de destruição que se preze, o deste governo quer começar por baixo, pelos alicerces. Nuno Crato, inverdadeiro compulsivo, teve uma ideia que, do ponto de vista do marketing, é pouco menos que genial: o cheque-ensino. Com ele, o governo, em primeiro lugar, financia a escola privada, um sonho antigo da direita, para aqueles que dizem cobras e lagartos do Estado mas querem que este pague a educação dos seus filhos; por outro, instiga na maralha a ideia de que a educação não é um direito, mas um favor para o qual o Estado dá, por enquanto, uma ajudinha. Tudo com a novilingua do “direito de escolha”. E fantástico este novo mundo neo-liberal, onde se cobra o direito básico à educação em turmas de 35 alunos em condições cada vez piores mas onde se oferece o privilegio de não misturar os filhos com a ralé. Para esta corja, os direitos são privilégios e os privilégios direitos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s