“Promised Land” de Gus Van Sant

MPW-77022

Costumo gostar dos filmes de Gus Van Sant mesmo quando não gosto. O seu lado mais tarefeiro, em Good Will Hunting e Milk, transformava-se em objectos superiormente filmados e que superavam as limitações do material ilustrado. Até agora, o medianíssimo Finding Forrester era a grande excepção e o novo Promised Land vai pelo mesmo caminho. Essencialmente porque, mesmo filmando muitíssimo bem (gosto particularmente dos contrapicados dos veículos a percorrem as linhas traçadas pelo asfalto no terreno agrícola, a ancestralidade das terras e a modernidade numa só imagem e a carrinha pick up, simultaneamente produto da tecnológia e símbolo de ruralidade, como elemento dialéctico) não consegue extirpar o filme das demagogias do argumento. Primeiro, ao ser um filme supostamente ambientalista patrocinado por uma empresa petrolífera do Dubai; depois, ao basear-se na ideia, que me custa a acreditar, de que um promotor de uma empresa de extracção de gás natural que tem de convencer os proprietários de terras a venderem-nas, por vezes a preços manifestamente subvalorizados, para que a sua empresa as explore por lucros colossais e que, inclusivamente, não tem problemas em subornar um autarca corrupto, passe o filme todo a sublinhar que afinal de contas é o bom da fita e que não faça a mais pequena ideia do mal que a sua empresa causa. O arrepio que a sua consciência lhe provoca parece-me, então, francamente postiço e a única personagem verdadeiramente realista do filme parece-me ser a de Frances McDormand: a pessoa que, como muitos de nós, sabe perfeitamente o que faz mas diz a si mesma “é só um emprego” para conseguir dormir de noite ou para não dar em doida. E o twist que envolve a personagem de John Krasinski parece-me previsível a quilómetros. Num ano em que, até ao momento, vi pouco filmes, este foi o mais fraco. Não estou habituado a pensar assim de filmes de Gus van Sant.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s